© 2023 por Editora Missões Cristo Rei, filiado ao Pale Ideas. Orgulhosamente criado com Wix.com

Bula Quo Primum Tempore

DUAS FORMAS DE PAGAMENTO.

ESCOLHA A DE SUA PREFERÊNCIA

Para adquirir mais de 1 exemplar do mesmo livro ou mais algum produto, por gentileza clique abaixo para pagar um frete único.

A Editora Missões Cristo Rei apresenta o primeiro livreto da Coleção Documentos da Igreja, a Bula Quo Primum Tempore, em português e latim, para estudo e consulta. É um importante documento da Igreja Católica, da lavra do Papa São Pio V, datada de 14 de julho de 1570, para proteger a Santa Missa dos ataques dos inimigos da Igreja e nos preparar para o bom combate

É urgente que os católicos tomem conhecimento desta Bula que institui e perpetua a Santa Missa católica, fulminando com pesados castigos, por incorrer “na indignação de Deus Todo-poderoso e de seus bem-aventurados Apóstolos Pedro e Paulo”, quem tivesse a audácia “de acrescentar outras cerimônias” ou “de recitar outras orações senão as que estão contidas neste Missal”, ou de se opor à disposição da “permissão, estatuto, ordenação, mandato, preceito, concessão, indulto, declaração, vontade, decreto e proibição” de São Pio V. 

Os católicos que estudam o Catecismo sabem que o Concílio Vaticano II fundou uma nova religião e uma nova Igreja, simulacro da verdadeira Igreja de Cristo, e que, entre outras coisas, modificou a Liturgia e, mais especificamente, a Santa Missa, fabricando uma missa similar, mas esvaziada da Sã Doutrina. Embora não se tenha declarado em lugar algum que a Missa Tridentina tenha sido abolida, na prática a verdadeira Missa católica “caiu em desuso”, suplantada pela missa protestantizada, chamada Novus Ordo Missae: em vernáculo, de costas para Deus, com o povo concelebrando etc. Recentemente, um papa modernista “liberalizou” a Santa Missa, com o Motu proprio Summorum Pontificum, relegando a um status secundário (extraordinária) a Missa verdadeira, e fortalecendo o erro da validade da Novus Ordo Missae. Essa missa extraordinária nada mais é que a missa juramentada da Revolução Francesa.

Como uma arma para combater as mentiras modernistas e, também, um escudo de proteção contra aqueles que querem destruir a Igreja, o estudo desta Bula trará luz para o nosso entendimento, fortalecerá nossa Fé e nos disporá para o combate, para resistir aos modernistas. Porque é isso que somos, a Resistência.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now